Eu Não Sou MALUCO! (E)


 

 

Maluco2

«Caso» do Júlio:

Relato de uma psicoterapia feita quase à distância com um treino inicial mínimo e muito diálogo mantido à mesa de um velho café, utilizando também muita força de vontade e prática do próprio que se sentia frustrado por não ter conseguido estudar em tempo oportuno e por ter vivido a infância longe dos pais, sentindo-se abandono (desterrado), quando, naquele tempo, quase todos tinham de se sujeitar a isso.

Os seus sintomas, diagnosticados como depressão grave já tinham sido «tratados» duas vezes com medicação e baixas médicas, durante 15 dias de cada vez, em menos de ano e meio. Pela terceira vez, foi apoiado em psicoterapia durante 8 semanas, com alívio da medicação e sua eliminação ao fim desse tempo. 

Todo este trabalho psicoterapêutico, cuja essência foi apreendida pelo Júlio à mesa de um café, acompanhado de muitas leituras do interessado, baseadas apenas em apontamentos policopiados e colaboração do próprio nos treinos em casa, baseou-se na Terapia do Equilíbrio Afectivo (TEA) utilizada na Imaginação Orientada (IO), com o apoio da autohipnose e duma análise psicológica profunda para a reestruturação cognitiva, numa orientação da Logoterapia para a modificação do comportamento.

As 8 semanas do apoio dado em 1980, basearam-se em 2 períodos (meia hora cada) de relaxamento no hospital e cerca de 120 períodos de psicoterapia, dos quais 25  em Imaginação Orientada. Isso redundou na melhoria da situação laboral do praticante e no prosseguimento de estudos superiores, conduzindo o protagonista a uma posição profissional, social e económica invejável.

Contudo, a sua total colaboração nas diversas leituras de muitos textos policopiados, a apreeensão da matéria sobre o funcionamento do comportamento humano, os treinos e a prática do relaxamento mental todas as noites, com a Imaginação Orientada (IO) foram essenciais para um resultado mais do que satisfatório. 

A sua história está devidamente pormenorizada ao longo de 22 capítulos que ilustram o modo como se fez a psicoterapia, e a maneira como os ensinamentos colhidos pelo Júlio se transformaram no seu empenho para o treino a fazer em casa e posterior aproveitamento de todas as oportunidades.

Cerca de 20 anos depois de se ter «libertado» dos sintomas e das dificuldades psicológicas e psicossomáticas que o afligiam, o Júlio abordou o psicólogo num centro comercial, com a frase inicial do seu primeiro encontro: “Eu Não Sou MALUCO!” e descreveu-lhe toda a sua «vida ascendente» desde o fim da psicoterapia.

Centro de Psicologia Clínica, ISBN: 978-972-725-031-8 
14×21 [cm],  / 140 páginas,  / € 15,00   (por publicar)

Aceitam-se inscrições para a sua aquisição.

***********************************

Veja também todos os comentários e os links associados.

Conheça os livros consultando todos os posts que têm a descrição completa de cada um.

A utilização de cada livro em casos individuais pode ser obtida com a consulta do post HISTÓRIA DO NOSSO BLOG – sempre actualizada.

Para adquirir os livros que escolher, clique aqui.

Anúncios

3 comentários

Filed under Psicologia

3 responses to “Eu Não Sou MALUCO! (E)

  1. Mário de Noronha

    http://vmais.rr.sapo.pt/default.aspx?fil=801304 . Muitas o que acontece depois é isto.

  2. Anónimo

    Este livro parece ser muito interessante.
    É pena não estar publicado.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s